X
(47) 3327-7740 contato@scaladb.com.br

Dicas em acústica de ambientes

Projeto acústico para atender a NBR 15575: Por que devo contratar?

É essencial alinharmos o conceito de projetos bem sucedidos desde o princípio. Para se obter excelentes resultados uma das premissas é dividir o projeto em fases por meio de um cronograma bem definido e fidedigno, envolvendo as respectivas especialidades, disciplinas primordiais e relevantes para o estudo.

Dentre as fases, destacamos a importância da etapa de planejamento para que o produto final (empreendimento) seja entregue conforme as expectativas dos usuários e critérios normativos, em destaque a Norma de Desempenho.

Mesmo com a entrada em vigor da norma NBR 15575 no ano de 2013, nós da Scala Acústica temos a percepção de que o Projeto Acústico voltado para empreendimentos habitacionais multifamiliares ainda é visto como um estudo de caráter não essencial e como disciplina não obrigatória. Vale dizer que esta cultura está em transformação e felizmente a demanda é crescente, sendo liderada pelos construtores que já entenderam a necessidade da abordagem Acústica nos projetos dos empreendimentos.

Construir um empreendimento pode ser pensada como uma atividade de domínio pleno para muitos construtores, incorporadores, projetistas e afins. Todavia, no que diz respeito a garantir resultados positivos, expectativas de usuários e desempenho previsto em norma, será que isto realmente está dominado pela maioria? Entregar uma obra correndo riscos de não atendimento aos requisitos de desempenho acústico pode gerar passivos significativos ao ponto de levar à falência, uma construtora ou incorporadora.

Pela nossa experiência nos muitos anos que atuamos neste mercado, já comprovamos por meio das avaliações de desempenho em campo, conhecidas também como Laudos Acústicos, uma grande quantidade de empreendimentos onde sistemas construtivos tais como: lajes, paredes internas e fachadas; não atendem o requisito Mínimo (M) exigido pela NBR 15575. Outro aspecto importante a se tratar, são as obras de alto e altíssimo padrão atendendo apenas o nível Mínimo (M), uma contradição para o porte e tipo de empreendimento, que poderia estar atendendo ao nível Superior (S) ou ao menos o Intermediário (I), proporcionando tal conforto ao usuário.

Com os recursos tecnológicos disponíveis para os profissionais especializados em Acústica, é possível simular em software o desempenho acústico de todas as partes do edifício com objetivo de estudar as soluções corretas, havendo assim uma boa relação do custo dos materiais empregados e requisitos de desempenho definidos para o empreendimento.

Modelagem acústica para cálculo de desempenho do empreendimento

Contratar o estudo de Acústica no momento certo é de extrema relevância. Desde a concepção e definição do produto bem como na fase de identificação e solução de interfaces, os projetistas acústicos realizam suas análises evitando restrições de futuras adequações que seriam necessárias e em muitas vezes, acabam não podendo ser aplicadas ou adotadas pois o momento correto já passou.

O estudo acústico realiza as seguintes análises do empreendimento:

  • Impacto sonoro que o empreendimento pode gerar no entorno;
  • Impacto sonoro que o entorno pode gerar no empreendimento;
  • Normas acústicas que devem ser atendidas;
  • Disposição em planta dos ambientes sensíveis ao ruído;
  • Estimativa de ruído nas fachadas;
  • Formas geométricas favoráveis;
  • Definição dos sistemas construtivos (tipologias, espessuras);
  • Definição de materiais (pisos, paredes, forros, equipamentos, esquadrias, etc.);
  • Análise de desempenho (Rw, Lnw) dos sistemas previstos;
  • Detalhamento das especificações (modelo em camadas) dos sistemas construtivos;
  • Tabela de quantitativos das intervenções acústicas propostas;
  • Representações virtuais dos sistemas propostos;
  • Interfaciamento e compatibilização entre disciplinas;
  • Especificações de fabricantes, modelos, fornecedores e custo médio de soluções.

Detalhamento das especificações (modelo em camadas) dos sistemas construtivos estudados

Com a crescente aplicação da metodologia BIM no âmbito de projetos de edificações, a contratação dos especialistas em Acústica no momento adequado, tende a se ajustar com o decorrer do tempo. Em etapas como a de estudo de viabilidade e preliminar várias decisões importantes já podem ser tomadas entre os profissionais envolvidos para direcionar corretamente o empreendimento na obtenção da qualidade acústica que se almeja.

Estudo prévio para determinação da Classe de Ruído das fachadas

Por fim, a Scala Acústica continua realizando diversas avaliações de desempenho acústico pós projeto, e o nível de satisfação com os resultados encontrados e benefícios proporcionados ao empreendimento tem sido cada vez mais elevado. Quem experimentou e entendeu o caminho mais adequado já sabe, só se tem segurança e tranquilidade nos resultados contratando um Projeto Acústico!

Tags:

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Falar com atendente
Precisa de ajuda?
by Scala Acústica
Olá
Podemos te ajudar?